Última hora

Última hora

Team USA confirma reviravolta e conquista Taça América

Em leitura:

Team USA confirma reviravolta e conquista Taça América

Tamanho do texto Aa Aa

O catamarã norte-americano Oracle defendeu com sucesso a Taça América, dando razão ao ditado que diz: “até ao lavar dos cestos é vindima”. O sindicato neozelandês esteve uma semana a uma vitória de conquistar o mais antigo troféu desportivo do mundo mas na derradeira regata na baía de São Francisco, Jimmy Spithill confirmou aquilo que uma semana antes parecia uma miragem.

O comandante australiano da embarcação norte-americana não escondeu no final a emoção por ter protagonizado uma das maiores “reviravoltas da história do desporto” e elogiou o “caráter e a raça” da sua tripulação internacional, considerando que a vitória foi totalmente “merecida” e elogiado os adversários do Team New Zealand que apelidou de “campeões que irão regressar”.

Dean Barker reconheceu ser “muito frustrante” a derrota depois de nas duas semanas precedentes tudo parecer apontar para um triunfo. O ‘skipper’ neozelandês elogiou o “desenvolvimento” e o “trabalho fabuloso” que os adversários fizeram no Oracle e que se tivesse acontecido mais cedo talvez não permitisse ao Team New Zealand sonhar tanto tempo com o triunfo.

O vencedor da Taça Louis Vuitton, prova de seleção para a Taça América, chegou a uma vantagem de 8-1 na final, mas não conseguiu vencer a regata que faltava para conquistar a 34.ª edição deste mítico evento da vela.