Última hora

Última hora

Áustria: grande coligação conseguirá manter-se sem recurso a terceiro partido?

Em leitura:

Áustria: grande coligação conseguirá manter-se sem recurso a terceiro partido?

Tamanho do texto Aa Aa

A grande coligação entre social-democratas e conservadores deverá continuar no poder na Áustria, depois das legislativas do próximo domingo.

O SPÖ de Werner Faymann é o grande favorito, creditado com 26 por cento dos votos, e tudo indica que o chanceler se vai manter no cargo.

A grande questão é agora se continuará a governar apenas com os conservadores do ÖVP – aliança que dominou os últimos 68 anos da política austríaca – ou se será obrigado a encontrar um terceiro parceiro, pela primeira vez na história do país.

A extrema-direita do FPÖ ganhou novo fôlego durante a campanha. A formação de Heinz Christian Strache deverá confirmar-se como terceira força política, recolhendo segundo as estimativas perto de 20 por cento dos votos.

Depois do furor inicial, o movimento eurocético do milionário Frank Stronach está em queda livre. Tomadas de posição polémicas, como a defesa da pena de morte para os assassinos profissionais, custaram-lhe vários pontos nas sondagens, que agora lhe atribuem 10 por cento dos boletins.

Se necessitar de um parceiro adicional, o SPÖ deverá optar – segundo os analistas – entre os Verdes ou os liberais do Neos.