Última hora

Última hora

Descoberto filme de propaganda antinazi

Em leitura:

Descoberto filme de propaganda antinazi

Tamanho do texto Aa Aa

É uma das descobertas mais extraordinárias dos últimos tempos, em termos de cinema. Um filme de propaganda antinazi, esquecido há mais de 70 anos, foi agora descoberto nas prateleiras da Cinemateca Real da Bélgica.

É a única cópia conhecida de “Hitler’s Reign of Terror” (O reino de terror de Hitler), realizado por Cornelius Venderbilt.

Os historiadores pensavam que a fita estava perdida para sempre: “Provavelmente, em 1939 alguém tentou distribuir o filme na Bélgica. mas foi tarde de mais, porque se deu a invasão e o filme ficou guardado. Chegou à cinemateca nos anos 70 e descobrimo-lo agora. Sabemos que está cá e não existe nenhuma cópia, em mais nenhum lugar”, explica Nicola Mazzanti, diretor da cinemateca belga.

Cornélius Vanderbilt, um herdeiro americano e cineasta amador, esteve em Berlim, em 1933, quando o partido nazi ganhou as eleições. Terá na altura feito uma entrevista com Hitler, que não pôde ser filmada. Fez mais tarde uma reconstituição com atores.

Vanderbilt foi um dos poucos a ter podido movimentar-se e a filmar na Alemanha, nesta época.

Roel Vande Winkel é historiador especialista em propaganda nazi, diz que mais tarde, em 1935-36, não teriam permitido fazer o filme: “Aparentemente, teve uma autorização ou ninguém o impediu de fazer estas imagens”.

Quando o filme saiu, em 1934, o filme foi denunciado pela embaixada alemã e censurado pelas autoridades americanas, que ainda não tinham uma posição clara sobre o nazismo.

Esta é uma das descobertas mais importantes dos últimos tempos. O filme, em cópia restaurada, vai ser projetado ao público pela primeira vez no dia 26 de outubro, no museu de arte moderna de Nova Iorque, para comemorar os 75 anos da cinemateca belga.