Última hora

Última hora

Governo queniano terá sido avisado para risco de atentado

Em leitura:

Governo queniano terá sido avisado para risco de atentado

Tamanho do texto Aa Aa

O governo queniano terá sido avisado, por Israel, do elevado risco de atentado, horas antes do ataque ao centro comercial Westgate, em Nairobi. A informação é atribuída a fontes das forças de segurança e veiculada pela agência France Presse.

Vários ministérios quenianos e diretores dos diferentes serviços de segurança receberam informações dos principais parceiros do Quénia, indicando que havia uma forte possibilidade de um projeto de ataque de grande amplitude aos interesses económicos do país.

As operações de salvamento continuam, embora seja, ainda impossível entrar no edifício destruído.

“A operação no Westgate não está concluída. Fomos informados para estarmos a postos. Seremos chamados quando os trabalhos forenses e patológicos estiverem concluídos. Quando for seguro, para os trabalhadores humanitários entrarem”, avisa o secretário-geral da Cruz Vermelha do Quénia, Abbas Gullet.

O ataque de 21 de setembro ao Westgate matou pelo menos 67 pessoas, fez mais de 240 feridos e estima-se que mais de sessenta corpos se encontrem debaixo dos escombros do edifício. Este é um balanço ainda provisório.

O atentado foi reivindicado pelo grupo terrorista somali al Shabaab.