Última hora

Em leitura:

Sérvia: Marcha do Gay Pride proíbida em Belgrado


Sérvia

Sérvia: Marcha do Gay Pride proíbida em Belgrado

As autoridades sérvias decidiram proibir, pelo terceiro ano consecutivo, a marcha do Gay Pride, prevista para este sábado, em Belgrado.

O governo invoca razões de segurança. Depois de ser conhecida a decisão, grupos de ativistas dos direitos dos homossexuais sairam à rua, ontem à noite, na capital sérvia, em protesto.

Para Bruxelas, este é um sinal negativo de um país que aguarda a adesão à União. Antes de ser conhecida a decisão das autoridades, o responsável da delegação europeia em Belgrado tinha afirmado que “permitir o Gay Pride seria uma oportunidade para a Sérvia enviar uma mensagem em tempo de negociações e uma oportunidade para mostrar à Europa e ao mundo o seu compromisso com os valores da sociedade…”

Mas estes argumentos não foram suficientes. As autoridades de Belgrado evocam os acontecimentos de 2010, quando a violência provocada pelos extremistas hostis ao orgulho gay, deixou mais de 150 feridos, na maioria polícias, e estragos de valor superior a um milhão de euros na cidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Dezenas de mortos em naufrágio na Indonésia