Última hora

Última hora

Paquistão: 30 mortos e dezenas de feridos num atentado à bomba

Em leitura:

Paquistão: 30 mortos e dezenas de feridos num atentado à bomba

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão de um carro armadilhado na cidade de Peshawar, no Paquistão, matou mais de 30 pessoas e deixou feridas mais de 70.

A bomba, acionada por controlo à distância, explodiu numa viatura estacionada próximo de uma esquadra de polícia, num bairro comercial muito movimentado da cidade.

Uma testemunha conta os momentos de pânico:
“Havia fumo por todo o lado, não se via nada. As pessoas estavam caídas por terra e ninguém as socorria, não havia ambulâncias nem polícia. Só chegaram agora”.

O atentado, que ainda não foi reivindicado, ocorre uma semana após um ataque dos talibãs a uma igreja anglicana, na mesma cidade de Peshawar, que fez 80 vítimas mortais.

A violência islâmica no Paquistão tem aumentado nos últimos meses e está a dificultar os esforços do primeiro-ministro, Nawaz Sharif, para iniciar negociações de paz com os talibãs.

Os rebeldes talibãs rejeitam a constituição paquistanesa, exigem a implementação da lei islâmica e declararam guerra à Índia.

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, classificou já o Paquistão como o “epicentro do terrorismo da região”.