Última hora

Última hora

Governo grego quer cortar financiamento de organizações fascistas

Em leitura:

Governo grego quer cortar financiamento de organizações fascistas

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo da Grécia prepara-se para apresentar no parlamento uma proposta de lei que visa a penalização de discursos de cariz fascista, racista ou que incitem ao ódio. Esta é mais uma medida do Executivo para erradicar do país organizações neonazis e partidos como o Aurora Dourada.

O vice primeiro-ministro grego acredita que é preciso cortar o financiamento desta organizações. “A democracia não pode financiar opositores. Quando se tem uma organização criminosa, trabalhando no interior de um partido político, deve haver penalizações, em relação ao financiamento. É um grande erro para qualquer um chegar à conclusão de que os comportamentos nazis, que resultam em atos de violência, são um resultado automático da crise económica”, avisa Evangelos Venizelos.

Este fim de semana o líder do Aurora Dourada, Nikolaos Mihaloliakos, foi detido, com mais quatro deputados do partido. Esta semana vão ser presentes a tribunal onde irão responder pela acusação de formação de quadrilha.

Os procuradores estão a investigar a ligação do Aurora Dourada a cerca de 3 dezenas de ataques violentos, onde se incluem os assassinatos de um imigrante paquistanês e do rapper, antifascista, Pavlos Fissas, no dia 7 de setembro.

A opinião pública grega tem-se manifestado contra os escalar da violência no país.