Última hora

Última hora

Israel pressiona Estados Unidos

Em leitura:

Israel pressiona Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Israel está a pressionar os Estados Unidos para que mantenham rédea curta em relação ao Irão.

Benjamin Netanyahu reuniu-se com Barack Obama, três dias depois do histórico telefonema entre o presidente norte-americano e o homólogo iraniano.

Para o chefe de governo israelita Teerão está, apenas, a tentar ganhar tempo para desenvolver o programa nuclear. Obama mostra-se cauteloso:

“É evidente que as palavras não chegam. São necessárias ações que reforcem a confiança da comunidade internacional e demonstrem que o Irão está determinado a cumprir as obrigações internacionais para que fique claro que não está em condições de desenvolver armas nucleares.”

“Penso que o Irão só voltou à mesa das negociações devido à pressão das sanções e à ameaça credível de uma ofensiva militar. Acredito que para a diplomacia funcionar é preciso manter a pressão”, afirma Benjamin Netanyahu.

O presidente iraniano diz estar determinado a pôr fim ao diferendo sobre o programa nuclear. A prova de fogo está prevista para 15 de outubro em Genebra, dia em que está agendada a retoma das negociações entre o Irão e os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança, mais a Alemanha.