Última hora

Última hora

Itália: incerteza política antes de moção de confiança

Em leitura:

Itália: incerteza política antes de moção de confiança

Tamanho do texto Aa Aa

“Há um clima de incerteza em Itália”, as palavras são do Presidente italiano Giorgio Napolitano depois de um encontro com o primeiro-ministro Enrico Letta. O chefe de Estado referia-se à intenção do chefe de governo avançar com uma moção de confiança no parlamento depois de Berlusconi ter decidido retirar a confiança política ao atual governo e alegadamente ter dividido o seu partido.

O primeiro-ministro italiano comentou a decisão de Il Cavaliere ao dizer que “as sondagens sugerem que a grande maioria dos eleitores do partido de Berlusconi pretendem que esta experiência governativa avance. Fiquei com a ideia de que nas últimas horas os ministros do partido Povo da Liberdade têm uma ideia diferente da de Berlusconi”, revelou Enrico Letta.

Apesar da incógnita antes da moção de confiança na quarta-feira, presidente e primeiro-ministro rejeitam novas eleições.

Nas ruas as opiniões dividem-se: “Penso que seria melhor termos eleições, porque nada está certo, agora, nada funciona. Tudo é adiado, prolongado, a crise continua e podemos senti-la!”, diz um senhor.

Uma senhora afirma “pensar que o senhor Berlusconi apenas pensa nele próprio em vez de pensar na Itália e nos italianos. Até porque há pessoas que estão a passar fome.”

Silvio Berlusconi enfrenta um teste esta segunda-feira quando encontrar-se com os parlamentares do seu partido Povo da Liberdade para debater a decisão de retirar o apoio à coligação governamental.