Última hora

Última hora

Japão aumenta IVA para garantir segurança social

Em leitura:

Japão aumenta IVA para garantir segurança social

Tamanho do texto Aa Aa

O Japão vai aumentar o IVA de 5 para 8 por cento a partir de 1 de abril de 2014. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo primeiro-ministro nipónico, Shinzo Abe, e justificada pela necessidade de manter a confiança dos mercados e garantir a segurança social no país, onde a população está cada vez mais envelhecida.

A dívida pública do Japão representa cerca de 245 por cento do PIB e o aumento do IVA era uma medida considerada essencial pelo FMI para que os nipónicos pudessem fazer frente ao défice.

Considerado uma medida essencial pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), o aumento do IVA no Japão foi aprovado, como mero princípio, em 2012, quando o país ainda era governado por Yoshihiko Noda, o primeiro-ministro eleito pelo centro-esquerda – o atual chefe de governo foi eleito pelo centro-direita. A lei previa a aplicação apenas quando as condições económicas japonesas o permitissem, o que agora se verifica face à recente recuperação registada no PIB nipónico.

O aumento do IVA no Japão em 2014, aprovado 15 anos depois da última revisão (1997), estima-se que terá um impacto na ordem dos 60 mil milhões de euros naquela que é a terceira maior economia do planeta.