Última hora

Última hora

Turismo paralisado nos Estados Unidos

Em leitura:

Turismo paralisado nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de um milhão de funcionários de serviços geridos pelo Governo Federal, nos EUA, vão trabalhar sem receber e outros 800.000 vão ficar em casa. Consequências da falta de acordo entre o Senado e a maioria republicana na Câmara dos Representantes para a aprovação do Orçamento de Estado.

Parques e monumentos são as primeiras estruturas a serem afetadas por esta situação que leverá a perdas financeiras na ordem dos 300 milhões de dólares por dia.

Carol Johnson, funcionária: “Temos muito orgulho em lidar com os nossos visitantes e explicar-lhes esses memoriais e monumentos, é difícil para nós estar fora e ver que as pessoas não podem entrar”.

A maioria democrata no Senado e a maioria republicana na Câmara dos Representantes bloquearam face à exigência dos republicanos de fazer depender a aprovação do Orçamento da eliminação ou, pelo menos, de uma alteração profunda ao programa de saúde proposto pela Administração Obama, conhecido como “ObamaCare”.

Marci Gonzalez, da ABC News para a Euronews faz a reportagem:
“Há turistas muito decepcionados aqui. A Estátua da Liberdade é uma das centenas de monumentos nacionais fechados devido à paralisação governo. Por enquanto, os ferries aqui ainda estão a funcionar e trazem muitos turistas para a foto tradicional, mas as pessoas não podem agora visitar a Estátua e alguns turistas disseram-me que esperaram a vida inteira para vir à cidade de NY.”