Última hora

Última hora

Turismo paralisado nos Estados Unidos

Em leitura:

Turismo paralisado nos Estados Unidos

Turismo paralisado nos Estados Unidos
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de um milhão de funcionários de serviços geridos pelo Governo Federal, nos EUA, vão trabalhar sem receber e outros 800.000 vão ficar em casa. Consequências da falta de acordo entre o Senado e a maioria republicana na Câmara dos Representantes para a aprovação do Orçamento de Estado.

Parques e monumentos são as primeiras estruturas a serem afetadas por esta situação que leverá a perdas financeiras na ordem dos 300 milhões de dólares por dia.

Carol Johnson, funcionária: “Temos muito orgulho em lidar com os nossos visitantes e explicar-lhes esses memoriais e monumentos, é difícil para nós estar fora e ver que as pessoas não podem entrar”.

A maioria democrata no Senado e a maioria republicana na Câmara dos Representantes bloquearam face à exigência dos republicanos de fazer depender a aprovação do Orçamento da eliminação ou, pelo menos, de uma alteração profunda ao programa de saúde proposto pela Administração Obama, conhecido como “ObamaCare”.

Marci Gonzalez, da ABC News para a Euronews faz a reportagem:
“Há turistas muito decepcionados aqui. A Estátua da Liberdade é uma das centenas de monumentos nacionais fechados devido à paralisação governo. Por enquanto, os ferries aqui ainda estão a funcionar e trazem muitos turistas para a foto tradicional, mas as pessoas não podem agora visitar a Estátua e alguns turistas disseram-me que esperaram a vida inteira para vir à cidade de NY.”