Última hora

Última hora

Braço de ferro entre a Ryanair e o Estado francês

Em leitura:

Braço de ferro entre a Ryanair e o Estado francês

Tamanho do texto Aa Aa

A Ryanair prepara-se para recorrer da sentença ditada pela justiça francesa. A companhia aérea irlandesa de baixo custo foi condenada a uma multa de nove milhões por violação das leis do trabalho em França.

Num comunicado emitido após o anúncio da decisão a direção declarou que vai recorrer da sentença e opor-se a qualquer tentativa por parte das autoridades em exigir o reembolso de contribuições à segurança social que tenham tenham sido integralmente pagas na Irlanda.

Roland Rappaport, advogado do sindicato dos pilotos declara: “Primeiro de tudo, a Ryanair é condenada à multa máxima. E em segundo lugar, a sentença está sujeita a medidas de publicidade, como a exibição da decisão com publicações na imprensa”.

A acusação diz que ao recusar submeter-se à legislação francesa sobre as contribuições para a segurança social, a empresa organizou um dumping social que lhe permite reduzir os seus custos operacionais, em especial os relativos ao pessoal.