Última hora

Em leitura:

Nuclear: Fukushima continua a rebentar pelas 'costuras'


Japão

Nuclear: Fukushima continua a rebentar pelas 'costuras'

Nova fuga de água radioativa na acidentada central nuclear de Fukushima no Japão. Sem precisar um volume, a TEPCO, empresa que gere a central, lamentou ter encontrado mais uma fuga de água contaminada que poderá ter chegado ao mar com uma concentração de elementos radioativos mais de 6500 vezes superior ao limite legal.

A fuga teve origem num dos 350 polémicos reservatórios de armazenamento da água radioativa que muitos problemas têm dado. Para poupar tempo e dinheiro, após o acidente nuclear em resultado do Tsunami de março de 2011, os depósitos foram construídos com resina a isolar as juntas em vez de serem soldados, como é norma.

Estima-se que todos os dias chegam ao Oceano Pacífico 300 toneladas de água radioativa que se acumula no subsolo dos edifícios que albergam os reatores nucleares.

EUA: Impasse orçamental sem fim à vista. Obama "não vai negociar com os republicanos"

EUA

EUA: Impasse orçamental sem fim à vista. Obama "não vai negociar com os republicanos"