Última hora

Em leitura:

Nuclear: Fukushima continua a rebentar pelas 'costuras'


Japão

Nuclear: Fukushima continua a rebentar pelas 'costuras'

Nova fuga de água radioativa na acidentada central nuclear de Fukushima no Japão. Sem precisar um volume, a TEPCO, empresa que gere a central, lamentou ter encontrado mais uma fuga de água contaminada que poderá ter chegado ao mar com uma concentração de elementos radioativos mais de 6500 vezes superior ao limite legal.

A fuga teve origem num dos 350 polémicos reservatórios de armazenamento da água radioativa que muitos problemas têm dado. Para poupar tempo e dinheiro, após o acidente nuclear em resultado do Tsunami de março de 2011, os depósitos foram construídos com resina a isolar as juntas em vez de serem soldados, como é norma.

Estima-se que todos os dias chegam ao Oceano Pacífico 300 toneladas de água radioativa que se acumula no subsolo dos edifícios que albergam os reatores nucleares.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

EUA: Impasse orçamental sem fim à vista. Obama "não vai negociar com os republicanos"