Última hora

Última hora

Cerca de 200 imigrantes continuam desaparecidos

Em leitura:

Cerca de 200 imigrantes continuam desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

Prosseguem os trabalhos para recuperar cerca de 200 corpos ao largo de Lampedusa, no sul da Itália.

As autoridades estimam que muitos se encontrem presos no interior da embarcação que ontem naufragou perto da ilha italiana.

Até ao momento as equipas de resgates recuperaram mais de uma centena de corpos.

A Organização Internacional para a Imigração estima em 300 o número de mortos.

“De acordo com os sobreviventes a bordo da embarcação seguiam cerca de 500 pessoas. Na tentativa de assinalar a aproximação a Lampedusa, os imigrantes atearam fogo a um cobertor. As chamas acabaram por se propagar devido à gasolina que se encontrava no barco. As pessoas entraram em pânico e a embarcação virou”, afirma Veronica Lentini da Organização Internacional para a Imigração.

Entre as vítimas há várias crianças. A embarcação que terá partido da Líbia transportava imigrantes oriundos da Eritreia e da Somália.

155 pessoas escaparam com vida aquele que já foi considerado um dos maiores acidentes com imigrantes clandestinos.

Trata-se do segundo naufrágio em menos de uma semana.

De acordo com as autoridades só este ano cerca de 25 mil imigrantes entraram em Itália, um número que não pára de aumentar.