Última hora

Última hora

Lampedusa: trabalhos de resgate prosseguem este sábado

Em leitura:

Lampedusa: trabalhos de resgate prosseguem este sábado

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 200 imigrantes continuam desaparecidos ao largo de Lampedusa, no sul da Itália. Os trabalhos de resgate interrompidos, esta sexta-feira, devido ao mau tempo devem ser retomados nas próximas horas

As autoridades estimam que muitos corpos se encontrem presos no interior da embarcação que naufragou após um incêndio.

Até ao momento as equipas de resgates recuperaram mais de uma centena de corpos. As vítimas são oriundas da Eritreia e da Somália.

155 pessoas escaparam com vida, 300 terão morrido.

O ministro do Interior italiano, Angelino Alfano, pede uma maior implicação da União Europeia no controlo de fronteiras e no acolhimento de imigrantes clandestinos:

“Esta é uma questão que não diz apenas respeito à Itália, mas à Europa que deve decidir se vai ou não defender as fronteiras definidas no acordo de Schengen.”

O ministro rejeita, no entanto, rever a atual legislação que considera um crime qualquer assistência a imigrantes clandestinos, mesmo em perigo. Uma situação que poderia explicar a razão pela qual três navios pesqueiros não teriam prestado auxílio aos náufragos.

Nas escolas fez-se, esta sexta-feira, um minuto de silêncio em memória das vítimas.