Última hora

Última hora

Egito: Apoiantes de Morsi prometem mais protestos

Em leitura:

Egito: Apoiantes de Morsi prometem mais protestos

Tamanho do texto Aa Aa

As manifestações voltaram ao Egito e com elas os confrontos na rua e as vítimas mortais.

Nas cidades do Cairo, Alexandria e Assiut repetiram-se os protestos contra o governo e contra a repressão de que está a ser alvo a Irmandade Muçulmana

No Cairo, pelo menos quatro pessoas morreram e várias dezenas ficaram feridas nos confrontos entre apoiantes e opositores do deposto presidente Mohamed Morsi. A polícia dispersou os manifestantes com balas de borracha e gás lacrimogénio e impediu o aceso à praça Tahrir, para onde a marcha convergia.

Os protestos ocorrem depois de o exército ter detido ou morto mais de dois milhares de militantes da Irmandade Muçulmana, após a decisão judicial de interditar a atividade da organização e a confiscação dos seus bens.

Os movimentos islamitas convocaram várias manifestações para o fim de semana para exigir a demissão do governo controlado pelos militares.