Última hora

Última hora

Itália: autoridades suspendem buscas ao largo de Lampedusa

Em leitura:

Itália: autoridades suspendem buscas ao largo de Lampedusa

Tamanho do texto Aa Aa

O mau tempo ao largo da ilha italiana levou à suspensão este sábado das operações marítimas de localização e recuperação dos corpos das vítimas da tragédia de quinta-feira.

Ainda assim, estão a ser conduzidas buscas através de meios aéreos, nomeadamente helicópteros.

O balanço provisório indica que dos 450 a 500 passageiros, apenas foram salvas 155 pessoas. O balanço das vítimas pode ultrapassar as três centenas. As autoridades receiam que muitos corpos se encontrem no interior da embarcação.

“Enquanto cidadãos de Lampedusa já fizemos o que tínhamos a fazer. Fizemo-lo bem e continuaremos a fazê-lo de forma a ajudar estas pessoas. Lampedusa é uma pequena ilha no meio do mar onde há espaço para todos. Nós estamos aqui para ajudar, sejam sírios, tunisinos, gregos ou turcos, a nossa história fala por si”, afirma Gianluca Di Palma, trabalhador do porto de Lampedusa.

Na sexta-feira à noite os residentes da ilha realizaram uma vigília em memória das vítimas desta tragédia.

Entre os presentes houve quem criticasse as autoridades italianas e europeias que acusam de não terem uma política coerente para lidar com a questão da emigração ilegal.

Entretanto, na Sicília, a Guarda costeira italiana resgatou 60 emigrantes que, alegadamente seriam originários da Síria. Deste grupo faziam parte 11 mulheres e 13 crianças.