Última hora

Última hora

Caso Bettencourt: Sarkozy ilibado de abuso de confiança

Em leitura:

Caso Bettencourt: Sarkozy ilibado de abuso de confiança

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-chefe de Estado francês foi ilibado da acusação de abuso de confiança no caso Bettencourt. Uma decisão justificada com a falta de provas.

Nicolas Sarkozy, era suspeito de se ter aproveitado da “fragilidade mental” da multimilionária e herdeira do império L’Oreal para financiar a campanha eleitoral de 2007.

A decisão da justiça permite ao ex-chefe de Estado francês apresentar-se na corrida às presidenciais em 2017, tal como desejam os simpatizantes da UMP.

Durante a investigação sobre o financiamento ilegal a partidos políticos, Sarkozy foi acusado de abuso de confiança, ou seja, de obter vantagens financeiras da mulher mais rica de França após a acareação com o mordomo de Liliane Bettencourt. Um crime punível com uma pena que pode chegar aos três anos de prisão.

Os apoiantes de Sarkozy aguardam, agora, pelo regresso do ex-chefe de Estado francês afastado da cena política após a derrota nas presidenciais 2012 frente ao socialista François Hollande.