Última hora

Última hora

Londres e Teerão ensaiam reconciliação diplomática

Em leitura:

Londres e Teerão ensaiam reconciliação diplomática

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido e o Irão chegam a um acordo para restabelecer gradualmente as relações diplomáticas, interrompidas desde 2011.

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico anunciou, esta terça-feira, no parlamento, que os dois países vão nomear responsáveis diplomáticos com vista, a longo prazo, à reabertura das respetivas embaixadas.

William Hague reconheceu que a eleição do novo presidente Rohani em Junho contribuiu para a melhoria das relações bilaterais, mas deixou uma advertência:

“Nós estamos dispostos a manter as atuais sanções se Teerão não modificar a sua política. Uma mudança substancial na posição britânica ou ocidental só será possível se Teerão modificar o seu programa nuclear. No entanto, devemos testar a sinceridade do governo iraniano e manter os nossos canais de comunicação abertos”.

O governo britânico tinha encerrado a embaixada iraniana em Londres, em Novembro de 2011, dias depois da representação diplomática do Reino Unido em Teerão ter sido assaltada e pilhada, durante um protesto contra as sanções internacionais.

A mudança na presidência iraniana e a retoma das negociações sobre o programa nuclear tinham já levado a França e, em certa medida, os Estados Unidos, a ensaiarem uma reaproximação a Teerão.