Última hora

Última hora

Obama disposto a negociar sobre tudo com republicanos mas não sob ameaça

Em leitura:

Obama disposto a negociar sobre tudo com republicanos mas não sob ameaça

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama diz que não aceitará que a “extorsão” se torne numa forma de governo. O presidente norte-americano frisou o caráter de urgência numa intervenção na Casa Branca, que marca o início da segunda semana de paralisia parcial do governo federal.

Obama frisou que está disposto a debater todo e qualquer assunto com os republicanos, mas não sob a ameaça do impasse orçamental ou da recusa de votar um aumento do teto da dívida dos Estados Unidos.

O presidente norte-americano frisou que “uma decisão [por parte do campo republicano] de permitir [que o país entre numa] situação de incumprimento é, segundo muitos dirigentes de empresas e economistas, algo que seria descrito como uma loucura, catastrófico e um caos. Estas são apenas algumas das palavras mais educadas”. Obama diz que “Warren Buffet comparou o incumprimento a uma bomba nuclear”.

No início da intervenção, Obama sublinhou que voltou a falar com o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, embora o contacto não pareça ter surtido qualquer efeito.