Última hora

Última hora

Parlamento europeu "filtra" medidas duras contra consumo de tabaco

Em leitura:

Parlamento europeu "filtra" medidas duras contra consumo de tabaco

Tamanho do texto Aa Aa

Os cigarros eletrónicos vão continuar a ser vendidos nas tabacarias da União Europeia e a proibição do tabaco com sabores vai ser apenas temporária. O parlamento europeu rejeitou hoje aplicar as medidas duras propostas pela comissão europeia para reduzir o consumo de tabaco.

Uma decisão criticada pelos movimentos anti-tabagistas como uma concessão face à pressão dos lobbies do setor que, nos últimos meses, realizaram mais de 250 reuniões com membros do parlamento.

Os deputados propõem que os avisos sanitários ocupem apenas 65% dos maços de tabaco, quando a comissão defendia uma área de 75%. A proibição da venda de tabaco com sabores vai ser aplicada apenas durante um período de oito anos e a venda de cigarros eletrónicos só vai limitar-se às farmácias para os aparelhos que aleguem benefícios para a saúde.

A nova diretiva europeia sobre o tabaco deverá ser finalizada no final do ano se parlamento e comissão chegarem a um acordo sobre as medidas a adotar.