Última hora

Última hora

Tensão política e violência nas Maldivas

Em leitura:

Tensão política e violência nas Maldivas

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal das Maldivas anulou a primeira volta das eleições presidenciais, ganhas pelo antigo Presidente Mohamed Nasheed, e marcou nova ida às urnas para 20 de outubro.

Ontem homens não identificados atearam fogo ao estúdio do canal de televisão da oposição.

O canal apoia o ex-presidente – o primeiro líder democraticamente eleito no país, Mohamed Nasheed, que foi forçado a renunciar no ano passado.

Na primeira volta das presidencias, Mohamed Nasheed conquistou 45% dos votos, e o atual presidente Mohamed Waheed Hassan Manik – apenas 5,3%. Grupos locais e internacionais de observadores consideraram a primeira volta livre e justa.

Mas o tribunal decidiu-se pela suspensão face a uma petição que integrava acusações de fraude eleitoral dirigidas pelo candidato derrotado Qasim Ibrahim, que exigia a anulação dos resultados.