Última hora

Última hora

Suíços são os mais ricos do mundo

Em leitura:

Suíços são os mais ricos do mundo

Tamanho do texto Aa Aa

A Suíça é o país no mundo com mais riqueza concentrada, segundo o relatório agora publicado pelo Crédit Suisse.

Em média, cada suíço tem um património de mais de 500.000 dólares, incluindo casas, contas bancárias ou outros bens.

A riqueza mundial teve um forte aumento no último ano, sobretudo nos Estados Unidos, que no entanto estão apenas na quinta posição desta lista.

Depois da Suíça, a Austrália, a Noruega e o Luxemburgo são os países onde a fortuna média de cada cidadão é mais elevada. Os australianos têm, em média, 400.000 dólares. A Noruega, no terceiro lugar, é um dos países onde a riqueza mais cresceu, desde o ano passado.

O número de milionários, ou pessoas com um património de mais de um milhão de dólares, esteve a crescer desde o ano passado. Só nos Estados Unidos, mais de 13 milhões de pessoas podem considerar-se milionárias. Já no Japão, o número esteve a descer.

A Austrália esteve a beneficiar com as taxas de juro favoráveis. O país fica mesmo no primeiro lugar do “top” da riqueza, segundo alguns critérios de medida. Grande parte deste património vem de imóveis e bens não financeiros.

Já a Noruega deve o terceiro posto aos lucros da exploração do petróleo.

O relatório do Crédit Suisse mostra também as grandes desigualdades que permanecem: 97% da riqueza mundial está nas mãos de um terço da população. Quanto mais subimos no topo, mais essas desigualdades se acentuam: Os 1% mais ricos detêm quase metade de toda a riqueza global.