Última hora

Última hora

Azerbaijão: Aliev reeleito para 3.º mandato

Em leitura:

Azerbaijão: Aliev reeleito para 3.º mandato

Tamanho do texto Aa Aa

A festa da reeleição de Ilham Aliev desceu às mais luxuosas ruas de Baku, indiferente às denúncias da oposição e dos defensores dos direitos humanos.

Sem qualquer surpresa, o homem que dirige o país rico em hidrocarbonetos foi reeleito para um terceiro mandato, na antiga república soviética do Cáucaso, com cerca de 85% dos votos.

No discurso de vitória, Aliev prometeu “continuar a servir” o seu “povo com responsabilidade e defender os interesses do Azerbaijão”.

A oposição, que se uniu pela primeira vez em torno de um candidato, já denunciou várias irregularidades no escrutínio. Jamil Hasanli alcançou pouco mais de 5% dos sufrágios e prometeu “utilizar a Constituição e a legislação do Azerbaijão, bem como todas as convenções internacionais assinadas pelo país, para provar a ilegitimidade da eleição por todos os meios legais e políticos”.

Exemplo das irregularidades: um vídeo divulgado na internet em que um homem introduz vários boletins de voto numa urna.

Em 10 anos de poder no país de 9 milhões de habitantes, o presidente Ilham Aliev viu o PIB per capita crescer de 850 para 7850 dólares, graças aos lucros do petróleo, um aumento só equiparável ao alargamento do fosso entre ricos e pobres no mesmo período.