Última hora

Em leitura:

Grécia: Desemprego atingiu os 27,6% em julho


economia

Grécia: Desemprego atingiu os 27,6% em julho

O desemprego na Grécia registou uma nova subida em julho.

O gabinete helénico de estatística revelou um aumento de 126 mil no número de desempregados, para um total de 1 milhão 374 mil. O país é assim o mais atingido pelo desemprego ao nível da zona euro.

Os jovens com menos de 24 estão na linha da frente. Nesta faixa etária a taxa de desemprego é de 55,1%, mais duas décimas do que há um ano. Em termos gerais, a taxa atingiu, em julho, os 27,6%, mais 2,6% do que no ano passado e mais do dobro da média europeia.

Apesar do elevado desemprego e das constantes quedas da produção industrial, o governo anuncia estarem em curso melhorias económicas. Mas um desempregado defende: “A história de sucesso do governo é a história do fracasso do povo. Baseia-se em despedimentos, no encerramento de empresas e instituições, na queda do investimento público”.

Após anos de austeridade, a Grécia anunciou ter registado um excedente orçamental primário de 2,6 mil milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. Uma melhoria que será essencial para o governo discutir no futuro uma redução da dívida com os credores internacionais.

A Grécia deverá voltar a crescer no próximo ano, após seis anos de recessão. O FMI evoca um crescimento de 0,6% para 2014.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Novo recuo nas vendas de PC