Última hora

Última hora

Pai de Snowden visita filho refugiado na Rússia

Em leitura:

Pai de Snowden visita filho refugiado na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

O pai de Edward Snowden, o ex-consultor dos serviços secretos norte-americanos refugiado na Rússia, chegou esta quinta-feira a Moscovo para encontrar pela primeira vez o filho desde que o Kremlin lhe concedeu asilo político.

Lou Snowden disse que o filho nunca voltará provavelmente aos Estados Unidos, onde é procurado por espionagem, mostrou “reconhecimento” às autoridades rusas e acrescentou que “dadas as circunstâncias, ele estará bem. Está seguro e livre”.

O advogado do ex-consultor que deu a conhecer o vasto programa de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA, sigla em inglês) dos Estados Unidos disse que Snowden está a aprender russo e à procura de trabalho.

Anatoli Koutcherena frisou que “ele já teve muitas ofertas de emprego e o assunto está a ser estudado. Ele vai encontrar um trabalho muito bem pago, pois é bastante competente”.

Ouvido na véspera no Senado brasileiro, o jornalista norte-americano Glenn Greenwald – que ajudou a tornar públicos os documentos da NSA – sugeriu que o Brasil deve conceder asilo a Snowden:

“Se um governo for sério a respeito da defesa da privacidade e da liberdade de imprensa, precisa de proteger as pessoas [que dão a conhecer essas informações], a começar pela pessoa que iniciou tudo, Edward Snowden”.