Última hora

Última hora

Violência e estrelas em "Machete mata"

Em leitura:

Violência e estrelas em "Machete mata"

Tamanho do texto Aa Aa

Uma boa dose de violência e um elenco recheado de estrelas são os ingredientes de “Machete Mata”, o novo filme de Robert Rodriguez.

A história gira em torno de um antigo agente federal mexicano, Machete, que é recrutado para eliminar um traficante de armas.

Com um orçamento de 20 milhões de dólares, o realizador de “Sin City” conseguiu contratar atores de renome.

“Não tenho muito dinheiro mas isso é bom para os atores. Só trabalham alguns dias. Três dias no caso do Mel Gibson, um dia para a Lady Gaga e Charlie Sheen e dois dias para Sofia Vergara. Eles podem desempenhar um papel que nunca desempenharam, vão ser um ícone, vão ter um poster e serão recordados, eles não podiam recusar”, comentou o realizador Robert Rodriguez.

Danny Trejo, que incarna a personagem de Machete, gostou de conhecer Lady Gaga e até guardou uma recordação da estrela pop.

“Foi bom, ela foi simpática, tenho as frigideiras dela em casa porque ela cozinhava para ela, fazia vegetais cozidos a vapor. Ela é muito saudável e quando estávamos a arrumar as coisas eu perguntei-lhe o que é que ela iria fazer com as panelas e frigideiras e ela disse que não ia levá-las. Então eu guardei-as e pu-las numa estante e escrevi: as panelas e frigideiras de Lady Gaga, não vou vendê-las no e-bay”, disse o ator.

“Machete mata” chega às salas de cinema portuguesas a 18 de Outubro.