Última hora

Última hora

A mulher mais rápida de Espanha encontrada morta num hotel de Sevilha

Em leitura:

A mulher mais rápida de Espanha encontrada morta num hotel de Sevilha

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira piloto feminina de fórmula 1 em Espanha foi encontrada morta, num hotel de Sevilha.

Segundo as primeiras informações, Maria de Villota, de 33 anos, foi descoberta sem vida, esta manhã, horas antes de participar numa conferência.

A primeira mulher espanhola a participar em competições internacionais, como as 24 horas de Daitona, tinha posto termo à carreira, no ano passado, depois de um grave acidente, no Reino Unido, em que perdeu o olho direito.

Os responsáveis médicos rejeitam para já a tese de um suicídio, falando de uma possível morte por causas naturais.

A ex-piloto deveria participar, esta manhã, numa conferência dedicada ao tema de como superar as dificuldades, antes de lançar o seu novo livro, na próxima semana – “a vida é um presente” – onde relata como ultrapassou as consequências, para a sua carreira, do acidente de há um ano.