Última hora

Última hora

Christiane F., 51 anos e ainda viva

Em leitura:

Christiane F., 51 anos e ainda viva

Tamanho do texto Aa Aa

Três décadas depois, Christiane F. volta às luzes da ribalta com um segundo tomo de uma autobiografia que correu mundo nos anos 80.
Christiane F. foi a adolescente toxicodependente mais conhecida do planeta com a publicação de “Christiane F. – Os Filhos da Droga” e a adaptação cinematográfica.

“Eu, Christiane F., 13 anos, drogada e prostituta…” é a frase que ficou na memória de muitos adolescentes. O filme e o livro trouxeram muito sucesso e muito dinheiro, algo que não a ajudou a livrar-se do vício. Hoje, Christiane V. Felscherinow conta: “Se pudesse escolher, teria dito não, teria tomado o controlo da minha própria vida e não teria ficado dependente outra vez.”

Cerca de 30 anos depois do primeiro acto de contrição, é lançado “Christiane F. – Tomo 2”. Aí conta os muitos anos passados nas malhas da droga que a levaram à prisão várias vezes. Mas também viajou bastante, foi atriz num filme punk, lançou um disco e privou com nomes como David Bowie e Frederico Fellini. Com o nascimento do filho em 1996, tenta largar a dose. “O meu filho foi algo positivo para mim. Ganhei maturidade e foi óbvio desde o início que era capaz de ser mãe e não estragar tudo”, afirma. No entanto, a promessa foi difícil de manter e Christiane F. acabaria por perder a custódia da criança.

Quando tinha 16 anos, Christiane F. nunca pensou que chegaria aos 30. Hoje tem 51.