Última hora

Última hora

Egito: Governo reduz recolher obrigatório

Em leitura:

Egito: Governo reduz recolher obrigatório

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades egípcias decidiram encurtar o recolher obrigatório. A partir de agora, dura da meia-noite às cinco da manhã.

O recolher obrigatório tinha sido imposto em meados de agosto, na sequeência dos protestos e da violência, após a destituição do presidente Mohammed Morsi.

O governo invoca razões de segurança. A medida, obviamente, divide os egípcios

“Eu concordo com o recolher obrigatório a partir da meia-noite, porque isso permite fazer as obras e renovar os espaços públicos e as ruas e isso é bom para o país”

“O clima é bom para o turismo e os turistas precisam de segurança para poderem aproveitar a noite, mas isso não está a acontecer, porque está tudo fechado a partir da meia-noite”.

O recolher obrigatório afeta drasticamente a vida do país, sobretudo no Cairo, uma cidade habituada a não dormir. O comércio e o turismo são os dois setores mais atingidos.

A partir da meia-noite o exército patrulha. Quem for encontrado arrisca-se a ser detido. As lojas, restaurantes e bares são obrigados a fechar as portas. As ruas ficam desertas.