Última hora

Última hora

Itália: morreu o criminoso de guerra nazi Erich Priebke, aos 100 anos

Em leitura:

Itália: morreu o criminoso de guerra nazi Erich Priebke, aos 100 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Erich Priebke, o antigo capitão das “Waffen SS”, as forças de elite de Hitler, morreu esta sexta-feira em Roma, depois de 15 anos em prisão domiciliária na capital italiana.

Priebke era um dos últimos criminosos de guerra nazis ainda em vida e tinha festejado os 100 anos de idade no fim de julho.

O ex-capitão nazi foi condenado em 1998 pela Justiça italiana a uma pena de prisão perpétua, pela participação no massacre das grutas Ardeatinas, cometido em Roma em março de 1944, durante o qual foram mortos 335 civis italianos. As vítimas, entre as quais 75 judeus, foram executadas com um tiro na nuca, como represália a um ataque da resistência contra uma unidade das SS de Hitler.

Detido na Argentina em 1994, onde viveu tranquilo durante mais de 40 anos, foi extraditado para Itália no ano seguinte. Durante o julgamento, Priebke – que era apelidado de “Carniceiro” – nunca mostrou remorsos.

Em 1999 foi autorizado a cumprir o resto da pena em prisão domiciliária, por motivos de saúde.