Última hora

Última hora

Alta segurança em Moscovo nas celebrações do Eid al-Adha

Em leitura:

Alta segurança em Moscovo nas celebrações do Eid al-Adha

Tamanho do texto Aa Aa

Foi sob fortes medidas de segurança que os muçulmanos de Moscovo participaram nas celebrações do Eid al-Adha, uma data importante do calendário islâmico.

As autoridades tomaram todas as precauções depois dos distúrbios do fim-de-semana passado, na sequência da morte de um jovem russo alegadamente por um imigrante caucasiano.

“Não sinto qualquer hostilidade. Isto tudo não foi mais do que uma provocação. Temos vivido lado a lado por muitos anos e isto aconteceu agora”, diz um muçulmano.

No fim-de-semana passado, dezenas de pessoas, gritando slogans racistas, atacaram e vandalizaram lojas e outors estabelecimentos que empregam imigrantes, na parte sul de Moscovo.

Os ataques foram uma reação à morte de um jovem russo, por um imigrante.

A polícia divulgou esta terça-feira uma fotografia do suspeito identificado como Orkhan Zeinalov Zahid, natural do Azerbeijão e anunciou a sua detenção, em prisão preventiva, por 48 horas.

A tensão entre os nacionalistas russos e os imigrantes das antigas repúblicas soviéticas da Ásia Central e do Caucaso tem vindo a aumentar fortemente.