Última hora

Em leitura:

Banksy vende obras originais por 60 dólares na rua


EUA

Banksy vende obras originais por 60 dólares na rua

Mais um protesto contra o mercado da arte, um elogio ao anonimato ou um estudo sobre o valor relativo de uma obra e da sua mensagem?

Ninguém sabe ao certo, como também é desconhecida a verdadeira identidade de Banksy. O artista britânico – atualmente um dos grandes nomes da “Streetart”, ou “arte de rua” – decidiu instalar, no último sábado, uma banca com obras originais e assinadas no Central Park de Nova Iorque, vendidas a 60 dólares cada. A primeira venda só foi concretizada com um desconto de cinquenta por cento e a maioria dos quadros não encontrou comprador.

Banksy instalou-se por um mês na metrópole norte-americana, desvelando cada dia uma obra ou instalação original, no quadro da iniciativa “Better Out Than In”, em português “Melhor Fora Que Dentro”.

A dona do prédio de Queens onde aparece um dos últimos “grafittis” do artista diz que “gostava de conhecê-lo, para o felicitar”.

Para os poucos felizardos que compraram uma das telas de Banksy, fica a informação que uma das suas últimas obras a ir a leilão – à revelia do artista, que se opõe à venda do seu trabalho – rendeu um milhão de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Otimismo domina negociações sobre dossier nuclear iraniano