Última hora

Última hora

Festival Lumière premeia Tarantino

Em leitura:

Festival Lumière premeia Tarantino

Tamanho do texto Aa Aa

Chuva de estrelas e lendas do cinema mundial em Lyon para o Festival Lumière que vai já na sua quinta edição.

Quentin Tarantino abriu o espetáculo em que o ator, Jean -Paul Belmondo, foi homenageado pelos seus 60 anos de carreira.

Um festival não competitivo, que tem como objetivo revisitar a história do cinema.

“Estou muito feliz de estar lá para Jean-Paul. Trabalhamos juntos em três filmes”.

“Jean-Paul Belmondo é o cinema, portanto, honrá-lo, honramos o cinema, o grande cinema popular”.

“Eu acho que é ótimo este festival património, é o festival do nosso ADN”.

“É bom este ecletismo, a escolha dos programadores que optaram por filmes que são muito populares e, por vezes, nem sempre tiveram a atenção que merecem, aqui está uma oportunidade”.

“É muito emocionante, é o começo, eu estou aqui todo fim de semana e é realmente o início de uma aventura muito emocionante”.

Frederick Ponsard da euronews comenta: “Um monte de emoções para a abertura do Festival na presença de muitas lendas vivas do cinema. Mas, como todos os anos, o ponto alto è a entrega do prémio Festival Lumière que este ano foi concedido a Quentin Tarantino”.