Última hora

Última hora

Negociações sobre o nuclear iraniano vão prosseguir em segredo

Em leitura:

Negociações sobre o nuclear iraniano vão prosseguir em segredo

Tamanho do texto Aa Aa

No final dos dois dias de discussões para o relançamento das negociações sobre o nuclear iraniano, o segredo é a alma do processo.

O que parece ser seguro é que o Irão continua a negar a hipótese de enviar o seu stock de urânio enriquecido para o estrangeiro.

A chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, recusou-se a entrar em pormenores sobre as questões em discussão, limitando-se a afirmar:

“Com base na atmosfera positiva da reunião ministerial de Nova Iorque no dia 26 de setembro, o ministro dos Negócios Estrangeiros da República Islâmica do Irão, apresentou-nos uma proposta de plano de base de negociação que foi cuidadosamente considerado pelo grupo União Europeia, mais três como um contributo importante”.

Teerão mostra-se mais cauteloso. O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Mohammad Jafaz Zarif, afirmou:

“Queremos ver as ações dos Estados Unidos em consonância com as palavras que têm sido pronunciadas pelos mais altos representantes do país, segundo as quais eles querem negociar com o Irão na base do respeito mútuo, no iteresse mútuo e em pé de igualdade e avançar para a resolução desta questão”.

A próxima ronda de negociações está prevista para os dias 7 e 8 de novembro, outra vez em Genebra.

Antes, um grupo de cientistas e peritos do nuclear e do domínio das sanções ao Irão analisará as questões mais controversas do dossiê.