Última hora

Última hora

Dobradinha brasileira na Maratona da Selva

Em leitura:

Dobradinha brasileira na Maratona da Selva

Tamanho do texto Aa Aa

Duzentos e quarenta e dois quilómetros para percorrer em sete dias entre Prainha e Santarém, no estado brasileiro do Pará, na Floresta Nacional do Tapajós. Em plena selva.

Esta ultramaratona leva os participantes aos limites e sem surpresa, mais de metade dos 65 participantes ficou pelo caminho. Isto apesar dos pontos de controlo que forneciam água e assistência médica. A alimentação era responsabilidade de cada um.

Entre piranhas, jaguares e tarântulas, pela primeira vez em nove edições a vitória foi para um atleta da casa, Marcelo Sinoca. A dobradinha brasileira ficou completa com o triunfo de Jacqueline Terto nas mulheres.