Última hora

Última hora

Família de Pribke quer recuperar o corpo do criminoso de guerra nazi

Em leitura:

Família de Pribke quer recuperar o corpo do criminoso de guerra nazi

Tamanho do texto Aa Aa

A família de Erich Priebke quer recuperar o corpo do criminoso de guerra nazi depois das autoridades italianas terem sido obrigadas a interromper o funeral na terça-feira. O antigo oficial das SS, que morreu na semana passada com cem anos, encontrava-se em prisão domiciliária em Roma devido ao papel que desempenhou na execução de 335 civis italianos, em 1944.

Num vídeo agora difundido pelo advogado de Priebke, o criminoso de guerra afirmou que não tinha alternativa. As ordens tinham sido dadas por Hitler e quem não obedecesse teria sido fuzilado. O massacre foi a resposta a um atentado que matou 33 soldados alemães. Priebke nunca pediu desculpa.

O cadáver do ex-capitão da tropa de elite nazi tornou-se um grande embaraço. A Argentina, onde viveu depois da guerra até ter sido capturado, recusa recebê-lo para ser enterrado junto à mulher e na Alemanha receia-se que o túmulo se transforme num local de peregrinação neonazi.