Última hora

Última hora

Hungria julga ex-líder comunista

Em leitura:

Hungria julga ex-líder comunista

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça húngara começou a julgar o ex-ministro comunista
Bela Biszku por crimes de guerra relacionados com represálias contra civis após a revolução anti- soviética de 1956.

Com 92 anos de idade Biszku tem estado sob prisão domiciliaria desde o ano passado. Se condenado, será o único ex- comunista oficial de alto escalão na Hungria a ser responsabilizado por ações cometidas durante o regime pró-soviético , que governou o país entre o final dos anos 1940 e as eleições democráticas em 1990.

Ministro do Interior e membro do comité executivo interino do partido comunista após a outubro 1956 criou milícias armadas para realizar a repressão , incluindo o assassinato de 49 pessoas em dois comícios.