Última hora

Última hora

Alta segurança em Roma para um dia de protestos

Em leitura:

Alta segurança em Roma para um dia de protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Roma espera este sábado uma concentração de todos os descontentamentos da sociedade italiana.

Milhares de pessoas são esperadas nas ruas da cidade para um protesto contra as medidas de austeridade.

Cerca de quatro mil polícias estão mobilizados para garantir a segurança. Há zonas interditas à ciculação.

É o segundo dia de um protesto que começou esta sexta-feira com a greve dos transportes.

Os bombeiros, por exemplo, queixam-se:
“Temos trabalho precário e estâo a militarizar-nos. Obrigam-nos a trabalhar até aos 60 anos em urgências. Somos poucos e trabalhamos sem meios e em condições muito precárias”

“Não temos contrato de trabalho. Somos trabalhadores precários nas escolas e nos infantários. Chamam-nos a trabalhar ao dia e ficamos à espera que a comuna de Roma nos chame para podermos trabalhar”, desabafa esta professora.

A manifestação foi convocada por grupos de ativistas. Espera-se a participação de movimentos radicais de outros países europeus.

A tensão é enorme na cidade. Há dois anos um protesto desta natureza semeou o caos em Roma e terminou em vilentos confrontos.