Última hora

Última hora

El-Shebab: Alerta no Uganda coincide com difusão de vídeo do ataque no Quénia

Em leitura:

El-Shebab: Alerta no Uganda coincide com difusão de vídeo do ataque no Quénia

Tamanho do texto Aa Aa

Os países da África Oriental reforçaram os níveis de alerta um mês depois do ataque ao centro comercial Westgate, em Nairóbi. Em particular no Uganda, onde a embaixada americana disse estar a avaliar informações sobre um possível atentado, do mesmo estilo, na capital do país. A segurança tornou-se visível em Kampala, onde em 2010 os somalis do el-Shebab reivindicaram um ataque que fez 76 mortos.

O alerta surge na altura em que foram tornadas públicas mais imagens do horror que se viveu na capital do Quénia, em setembro. As imagens, recolhidas por câmaras de vigilância nos primeiros momentos do ataque, são eloquentes.

Entretanto, a notícia de que um dos quatro atiradores que se veem neste vídeo é de nacionalidade norueguesa ainda não foi confirmada pelas autoridades de Oslo, apesar das fortes suspeitas. O alegado terrorista norueguês nasceu na Somália e foi viver para o país nórdico ainda criança.

O ataque ao centro comercial Westgate de Nairóbi fez 67 mortos. 23 pessoas continuam desaparecidas. Na quinta-feira foram descobertos restos humanos carbonizados. De acordo com as primeiras indicações, poderão tratar-se de cadáveres de terroristas.