Última hora

Última hora

Italianos marcham contra austeridade em dia de greve geral

Em leitura:

Italianos marcham contra austeridade em dia de greve geral

Tamanho do texto Aa Aa

Contra a austeridade e pelo aumento dos salários e das pensões de reforma marchar, a Itália vive esta sexta-feira um dia de greve geral. Em Roma a manhã foi caótica com a paralisação dos transportes públicos.

Muitos manifestantes percorreram as ruas da capital italiana a pé até a um ponto de encontro, onde esta tarde se inicia uma marcha.

“Estou aqui para protestar porque são sempre os mesmos a pagar a crise. Isto tem vindo a acontecer há muitos muitos anos, seja o centro-direita ou o centro-esquerda. Todas as medidas liberais ou social-democratas foram mal sucedidas”, diz um manifestante.

Atrasos ou cancelamentos, um transtorno para quem precisou ir para o trabalho. Os organizadores dizem que só em Roma ou Turim houve uma adesão de 80%. Os funcionários das empresas de transporte querem que as pessoas compreendam. “Espero que percebam isto e quais são os verdadeiros problemas. Não são apenas problemas ligados aos veículos, uma vez que houve cortes em todos os transportes e a fatura recaiu depois sobre todos os trabalhadores e pessoas”, diz um revisor de autocarros.

As manifestações desta sexta-feira são um aperitivo para o protesto previsto para amanhã em Roma, onde, de acordo com os sindicatos, são esperadas 50 mil pessoas.