Última hora

Última hora

Síria: Jovens europeus escolhem o conflito

Em leitura:

Síria: Jovens europeus escolhem o conflito

Tamanho do texto Aa Aa

Estima-se que cerca de 300 jovens muçulmanos belgas se tenham juntado à guerra na Síria. Um fenómeno que inclui vários países europeus. Com cerca de 2000 jovens muçulmanos europeus da Suécia, França, Reino Unido ou Dinamarca a seguir o mesmo rumo.

Existe a preocupação que a verdadeira ameaça resida no fato destes denominados combatentes estrangeiros voltarem para casa, depois de radicados na Síria juntamente com rebeldes da al-Quaeda. Os governos europeus advertem que este jovens estão a comprar uma guerra que não é deles e receiam que possam exportar as ideias radicais para solo europeu.