Última hora

Última hora

Luxemburgo: Juncker quer conduzir discussões para formar próximo governo

Em leitura:

Luxemburgo: Juncker quer conduzir discussões para formar próximo governo

Tamanho do texto Aa Aa

Primeiro-ministro do Luxemburgo há mais de 18 anos, Jean-Claude Juncker deverá continuar à frente do governo. O Partido Cristão Social conquistou perto de 34 por cento dos votos nas legislativas deste domingo, um recuo de quatro pontos em relação há quatro anos, mas que lhe permite manter-se como primeira força política do país.

Juncker mostrou-se imediatamente disposto a conduzir as discussões para formar a futura coligação.

O chefe do governo luxemburguês diz que continua à frente do partido “mais forte do país e isso é significativo para a construção do próximo governo”.

A oposição liberal do Partido Democrático também tem razões para festejar. Com mais de 18 por cento dos votos, regista uma forte subida e assume-se agora como parceiro potencial para uma coligação com a formação de Juncker.

O líder liberal, Claude Meisch, afirma que “ainda é cedo para falar em alianças e nas diferentes possibilidades. É preciso analisar os resultados. Mas tornou-se claro que o Luxemburgo votou pela mudança e é a missão [do Partido Democrático] concretizar essa mudança nos próximos quatro anos”.

O correspondente da euronews, Sandor Zsiros, lembra que “o Partido Cristão Social de Jean-Claude Juncker venceu as eleições antecipadas, mas as pequenas formações rivais tiveram bons resultados. Se forem capazes de cooperar, poderão mudar o governo. Por isso, muito depende das negociações para formar a coligação”.