Última hora

Última hora

Austrália em alerta máximo

Em leitura:

Austrália em alerta máximo

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco menores foram detidos na Austrália por suspeita de fogo posto.

Mais de 60 incêndios continuam ativos, muitos estão fora de controlo.

A região montanhosa situada a cerca de uma centena de quilómetros a oeste de Sidney – conhecida por Blue Mountains – é uma das mais fustigadas.

As chamas que lavram, desde quinta-feira, já consumiram mais de 120 mil hectares de floresta e destruíram 200 casas em Nova Gales do Sul onde foi decretado o estado de emergência. Mas o pior pode estar ainda para vir. A subida da temperatura e o forte vento esperados para os próximos dias prometem dificultar o combate às chamas.

“Temos de manter as ações de vigilância porque as condições meteorológicas devem agravar-se nas próximas 24 horas e podem, por isso, originar novos incêndios”, afirma o comandante dos bombeiros, Shane Fitzsimmons.

A oeste da capital e por medida de precaução centenas de pessoas abandonaram as habitações.

No terreno, milhares de bombeiros apoiados por meios aéreos e terrestres recorrem à técnica do contrafogo na tentativa de pôr fim à pior vaga de incêndios no país nas últimas décadas.