Última hora

Última hora

Mais uma criança retirada a família de etnia cigana

Em leitura:

Mais uma criança retirada a família de etnia cigana

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia irlandesa retirou a uma família cigana residente no oeste de Dublin a custódia de uma menina de sete anos, loura e com olhos azuis.

A criança foi encontrada segunda-feira quando agentes policiais se dirigiram a uma casa do bairro de Tallaght. Os supostos pais asseguraram que a criança era sua filha, mas os argumentos e a documentação apresentadas não foram convincentes.

Na Grécia continua detido o casal de etnia cigana formalmente acusado de raptar uma menina loura de olhos verdes que dá pelo nome de Maria.

A criança foi encontrada na semana passada durante uma rusga policial numa comunidade cigana na localidade de Farsala, no centro do país.

O homem afirmou à justiça que a criança tinha sido entregue ao casal, após o nascimento, pelo pai biológico, um búlgaro também de etnia cigana, e pela mãe biológica.

“A criança estava aqui muito bem. Claro que foi comprada. As crianças são compradas para adoção por casais que não têm filhos. Foi isso que aconteceu. A mulher ficou com a criança para a criar. A mãe que a vendeu talvez fosse pobre e tivesse problemas e quis dá-la a uma boa família”, disse uma vizinha do casal detido.

Maria está ao cuidado da associação de proteção de menores “O sorriso da criança”, que assumiu a sua custódia provisória.

A polícia helénica continua a fazer todos os esforços para encontrar os pais da criança contando com o apoio de milhares de cidadãos, traduzido nos telefonemas recebidos.