Última hora

Última hora

Em leitura:

Tecnologia em prol da natureza


Sci-tech

Tecnologia em prol da natureza

Um dos maiores bancos de plantas do mundo foi criado em Sydney, na Austrália. Aqui vão ser preservadas amostras de flora únicas para programas de investigação e regeneração. Dez por cento das espécies de plantas australianas estão, hoje, em risco de extinção. O principal objetivo deste banco é: recolher e preservar sementes ou tecido vivo de todas as 25.000 espécies de plantas da Austrália. Mais de 200 milhões de sementes vivas podem ser armazenadas. As sementes e outras amostras são congeladas em nitrogénio líquido.

As sementes são selecionadas com precisão usando máquinas de alta tecnologia, sendo depois preservadas. Mas nem todas as plantas autóctones produzem sementes. É essa é a razão pela qual o banco de plantas australiano vai fornecer sistemas de armazenamento alternativos, como a cultura de tecidos. Todo o material vivo será utilizado para criar uma grande variedade de amostras que serão, depois, utilizadas na investigação e posterior regeneração.

Noutra parte do mundo, em Itália, um grupo de amantes da natureza criou um serviço, na internet, que oferece panorâmicas de realidade virtual de alguns dos locais mais ocultos e remotos do mundo.

O serviço foi idealizado por Fabio Zaffagnini e conta com a colaboração de vários caminhantes…

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Há algo no ar...

futuris

Há algo no ar...