Última hora

Última hora

Extrema-direita grega considera inconstitucionais cortes de subvenções estatais

Em leitura:

Extrema-direita grega considera inconstitucionais cortes de subvenções estatais

Tamanho do texto Aa Aa

Reações nervosas, depois de o Parlamento grego ter aprovado, na última madrugada, uma disposição que retira o financiamento estatal, aos partidos, cujos dirigentes estejam envolvidos em atividades criminais.

Foi uma sessão acalorada, com a reação dos deputados do partido de extrtema-direita, Aurora Dourada, o principal visado com esta alteração.

O deputado Ilias Kasidiaris, considerou a alteração inconstitucional.

“Esta alteração, para cortar o financiamento estatal ao Aurora Dourada é ilegal e inconstitucional e deveria ter sido atirada para o lixo. Em primeiro lugar, por causa da inconstitucionalidade. O artigo 29. º, parágrafo 2 da Constituição afirma que os partidos políticos têm direito a apoio financeiro do Estado, para a eleição e respectivos custos operacionais, como estabelece a lei”.

O Aurora Dourado é acusado de atos violentes contra imigrantes e militantes de esquerda e, alguns dos seus responáveis são suspeitos de participação, num homicídio, ocorrido a 17 de Setembro.

Com 18 deputados, o partido recebeu, em 2013, 873 mil euros, de um total de 11 milhões, dados aos partidos, antes das últimas eleições.