Última hora

Última hora

Grécia: parlamento corta ajudas de Estado ao partido neonazi Aurora Dourada

Em leitura:

Grécia: parlamento corta ajudas de Estado ao partido neonazi Aurora Dourada

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento grego votou a suspensão das ajudas públicas ao partido da extrema-direita Aurora Dourada.

A medida surge depois de seis deputados da formação neonazi, entre os quais o líder histórico, terem sido formalmente acusados de pertencerem a uma “organização criminosa”.

A bancada parlamentar do Aurora Dourada classificou o texto adotado de “anticonstitucional”.

As autoridades gregas iniciaram uma vaga de detenções de militantes do partido neonazi depois de um membro da formação política ter assassinado o músico antifascista Pavlos Fyssas.

O Aurora Dourada é acusado de um grande número de atos de violência, nos últimos anos, contra imigrantes e militantes de esquerda.

O deputado da Esquerda Democrática Nikos Tsoukalis diz que a Grécia “precisa de um plano concreto contra o Aurora Dourada. Um plano que não inclua apenas disposições legais, mas também políticas”.

O partido neonazi entrou pela primeira vez no Parlamento depois de obter 7 por cento dos votos nas legislativas de Junho de 2012.

O correspondente da euronews, Stamatis Giannisis diz que “a maior preocupação para o sistema político grego é que a formação da extrema-direita continua na terceira posição das preferencias dos eleitores, segundo sondagens recentes”.