Última hora

Última hora

Hungria: Viktor Orban recebe apoio em dia nacional

Em leitura:

Hungria: Viktor Orban recebe apoio em dia nacional

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de duzentos mil húngaros manifestaram, esta quarta-feira, o apoio ao primeiro-ministro, Viktor Orban.

Os manifestantes da “marcha da paz” aproveitaram as celebrações do dia Nacional da Hungria para encherem as ruas de Budapeste, e mostrarem apoio ao governo de direita, a seis meses das próximas eleições legislativas.

A “marcha da paz” desembocou na Praça dos Heróis, onde o primeiro-ministro lançou o desafio de vencer o escrutínio.

“Viemos aqui, porque queremos saber o que vai acontecer e o que temos de fazer para realizar as coisas como desejamos. Não há necessidade de pressa, mas lentamente, temos de começar a campanha, temos de nos preparar para a luta, assim como fizemos em 2010,” afirma Orban.

A 23 de outubro comemora-se, na Hungria, acontecimentos que são bem conhecidos em todo o mundo. No entanto, nos últimos anos não se tem falado sobre esses assuntos. O tema principal é a política interna atual. Especialmente agora, meio ano antes das próximas eleições.

A oposição assinalou o dia Nacional da Hungria com um protesto contra as políticas do executivo. O antigo primeiro-ministro, e atual candidato, Gordon Bajnai, acusou Orban de autoritarismo, perante uma plateia de cerca de 25 mil pessoas.

As últimas sondagens davam 29 por cento ao Fidesz, de Orban, enquanto os Socialistas arrecadavam 14 por cento das intenções de voto.