Última hora

Última hora

Lyon: Miséria sob a ponte

Em leitura:

Lyon: Miséria sob a ponte

Tamanho do texto Aa Aa

Na cidade francesa de Lyon cerca de 300 refugiados albaneses e do Kosovo, entre os quais nove dezenas de crianças, estão a viver em condições degradantes num acampamento sob a ponte Kitchener, perto da gare de Perrache.

O município vai realojá-los num local nos arredores da cidade onde terão condições de higiene e salubridade e poderão permanecer até março de 2014. Até lá será decidido os que ficarão no país e os que serão repatriados.

“Temos muitos problemas aqui em França. A minha filha está doente, o meu marido está doente, eu estou doente. Há 4 meses que dormimos aqui”, disse uma kosovar.

O quadro quase dantesco em que vivem os refugiados não deixa indiferente quem por ali vive ou passa.

“Lamento muito ver toda esta pobreza. Seria bom se houvesse uma outra solução para eles e não este bairro de lata”, afirmou um transeunte.

“Doença, fome e desespero. É com o que vivem estes refugiados aqui no centro de Lyon. A situação deles poderia melhorar se os mudassem temporariamente para instalações onde pudessem passar o inverno. A decisão sobre se poderão continuar em França ou não, só chegará no próximo ano”, reportou no local Nora Shenouda da Euronews.